caópolis.


Conflito Interno
15/05/2010, 14:25
Filed under: Artes Visuais, Desenhos e Pinturas

Um colega meu de faculdade, Adailson, é guitarrista de uma banda chamada Sexto Elemento (aqui o perfil da banda no orkut, a comunidade no orkut, o perfil no myspace e o perfil no Palco MP3), e me pediu para fazer a capa para o novo CD deles, “Conflito Interno”… O resultado “semi-final” (Adailson vai fazer algumas alterações depois), para a parte da frente do CD foi este:

Como não me sinto bem cobrando a amigos/colegas/parentes, pedi como pagamento apenas uma cópia do CD quando sair, e a possibilidade de algum dia, em breve ou não, se não fosse muito incômodo, ensaiar e gravar uma música com eles xP… Acho que não devo ter comentado aqui que não canto mal (não só na opinião da minha mãe xD, já mostrei para outras pessoas e concordaram com ela =P). Como ele nem relutou em aceitar o acordo, então creio que não deve achar que sou tão ruim também :D…

Abaixo está a ilustração antes dos efeitos todos.

Quando sair o CD devo fazer outro post com fotos dele na versão final, que mal posso esperar pra ter =P, até porque curti o som dos caras (e Adailson ainda disse que as músicas que estão no Palco MP3 – que foram as que eu ouvi – são antigas, e que hoje a banda está melhor, e com outra formação inclusive…).

P.S.: A versão final da capa já foi definida. Os efeitos todos foram aplicados por Adailson.

Frente:

Verso:

Uma versão “caseira” do CD já saiu, e eu tenho um exemplar dela, mas ainda estou esperando a versão gravada em estúdio para maiores comentários sobre a banda =P…



An Offer He Can’t Refuse

An Offer He Can't Refuse

A idéia é antiga, tive mais ou menos na época dos meus primeiros ambigramas neste estilo, mas eu não conseguia fazer de jeito nenhum. Eu não havia encontrado uma foto de Marlon Brando como Don Vito Corleone que ajudasse no processo, além de que acho que na época eu estava tentando usar a frase inteira (“I’m gonna make him an offer he can’t refuse”), então desisti (o que prova que, apesar das aparências – afinal a impressão que causa é que dá para encaixar qualquer frase em qualquer rosto fazendo as devidas deformações – este tipo de ambigrama é beeem difícil… e dentre as poucas vezes em que consegue ser terminado, só algumas poucas ficam realmente boas… No meu caso, por exemplo, acho que o único perfeito que fiz foi o “Why So Serious?“) . Mas ontem algo me fez lembrar da idéia, e miraculosamente achei uma foto perfeita, cheia de sombras, e fiz um esboço que hoje, quase agora, virou a imagem que acabei de mostrar.

Há algo nesse tipo de ambigrama que me compele a abordar apenas a cultura cinematográfica… Preciso mudar os temas, para algo mais artístico, crítico, alternativo e essas coisas todas.



Geneide
07/03/2010, 20:13
Filed under: Desenhos e Pinturas | Tags: , , , , ,

Tirando um pouco das teias de aranha depois de meses sem desenhar… Este é um dos vários pedidos de desenho que me fizeram ao longo do ano passado e só agora estou com tempo de fazer (nas férias eu estava ocupado também, me divertindo =P)… É o primeiro que estou fazendo, mas provavelmente foi o pedido solicitado mais recentemente… Acho que no final de Agosto de 2009… Pois é… Há casos piores… Tem um que faz pouco mais de um ano que me pediram…

Essa é a professora de português do cursinho em que estudei ano passado. Gosto muito dela, talvez por isso decidi fazer seu desenho antes de todos os outros que me pediram há mais tempo (se bem que na fila estão pessoas como um primo evangélico e mentiroso e uma carioca que não conheço direito…).



Alguns Ambigramas Refeitos

A revista IdeaFixa esteve selecionando, para compor sua próxima edição, trabalhos sob o seguinte tema:

“Dizem por aí que uma imagem vale por mil palavras. Mas quais são as possibilidades de uma imagem feita com palavras? O que muda numa imagem quando se tem algo escrito nela? É o que a IdeaFixa quer saber de você na próxima edição. As imagens podem ser apenas tipográficas ou usarem a tipografia como apoio.”

Ou seja, perfeito para mim…

Acontece que o material que eu tenho nessa área está com qualidade péssima, tive que refazer, e isso me atrasou e quase me deixou fora do processo de seleção (mandei quase agora, quase três dias depois do fim do prazo, mas felizmente aceitaram – só não sei ainda se selecionaram)… Seguem abaixo os trabalhos que enviei:

Why so Serious?
Why so Serious?
Nirvana
Nirvana
Black or White
Black or White
Ready for a bit of the old Utraviolence
Ready for a bit of the old Utraviolence
Amor/Love
Amor/Love

Ah, aproveitando a ocasião… Para os que ainda não sabem, minha exposição vai atrasar um pouco, vai começar quinta-feira, às 12:00, e ficará até dia 21, de segunda a sexta, das 8:00 às 17:00, na Galeria Capibaribe, no Centro de Artes e Comunicação da UFPE. Estão todos convidados! Alguns estarão mais convidados do que outros porque em breve um dos caras responsáveis pela divulgação da exposição enviará um convite por e-mail todo bonitinho para uma lista que fiz de familiares, amigos, conhecidos, professores, faxineiros, médicos, paqueras, ídolos, fãs… Enfim, só vai pouca gente se a exposição estiver uma porcaria, porque a divulgação já está providenciada…



Nirvana
04/07/2009, 22:03
Filed under: Ambigramas, Desenhos e Pinturas | Tags: , ,

Nirvana

Saindo um pouco da mesmice de ambigramas com rostos…

P.S. (02/08/09): Há uma versão refeita deste ambigrama, para a revista IdeaFixa:
Nirvana



Black or White

I said if you’re thinkin’ of being my brother
It don’t matter if you’re…

Black or White

(Solo de guitarra)

Pronto, prestei minha homenagem.

P.S.: Preciso dar um nome a esse tipo de ambigrama…

P.S. (02/08/09): Há uma versão refeita deste ambigrama, para a revista IdeaFixa:
Black or White



Ready for a bit of the old Ultraviolence
28/06/2009, 22:05
Filed under: Ambigramas, Desenhos e Pinturas | Tags: , ,

Ready for a bit of the old Ultraviolence

Bem longe de estar tão bom quanto meu primeiro ambigrama no estilo, o do coringa, mas gastei muito mais tempo com ele, e cheguei a parar de tentar por alguns minutos por achar que era impossível. Estou pondo ele aqui mais pelo esforço que gastou do que pelo resultado final. Falando em resultado final… Cara, eu preciso aprender a vetorizar… Faço uns paliativos no Fireworks e no Paint, e até então estava dando para o gasto… Só que fazer todo tipo de ambigrama está virando minha especialidade, e chegará o dia em que eu poderá ganhar dinheiro com isso, mas ambigramas ficam mais bonitinhos e profissionais se estiverem vetorizados, e bem vetorizados.

Para quem não sabe, esse cara do ambigrama é Malcolm McDowell, interpretando Alex DeLarge, no filme Laranja Mecânica, dirigido por Stanley Kubrick, inspirado no livro homônimo de Anthony Burgess. Um ótimo ator num ótimo papel em um ótimo filme de um ótimo diretor, baseado num ótimo livro de um ótimo autor.

A frase usada, retirada do livro e do filme, nem é tão célebre, mas expressa bem a personalidade de Alex (antes do tratamento pelo método Ludovico). “Ready for a bit of the old Ultraviolence“, “Pronto para um pouco da velha Ultraviolência“.

P.S. (02/08/09): Há uma versão refeita deste ambigrama, para a revista IdeaFixa:
Ready for a bit of the old Ultraviolence